Área do Associado:

Esqueci minha senha

Associe-se

Associe-se

Agenda

Notícias

Findes pede informações sobre fundo de aval ao banestes e à secretaria de desenvolvimento

A Federação das Indústrias do Espírito Santo encaminhou ofícios quinta-feira (28) ao Banestes e à Secretaria de Estado de Desenvolvimento, solicitando informações sobre o Fundo de Aval Bandes e as linhas emergenciais de crédito anunciadas pelo governo estadual.

As linhas emergenciais para capital de giro e folha de pagamento foram anunciadas em março pelo banco estadual, para ajudar as empresas capixabas a superar este momento de crise, na pandemia de Covid-19.

Os industriais e o empresariado em geral, porém, têm se queixado da dificuldade de acesso ao crédito. Levantamento preliminar realizado pelo NAC (Núcleo de Acesso ao Crédito) constatou que, das 12 mil solicitações para a linha de capital de giro, de R$ 5 mil, no máximo 300 pedidos foram liberados, ou seja, somente 2,5%. Já a linha para folha de pagamento, no valor máximo de R$ 31,5 mil, praticamente não entrou em operação. São essas informações que a Findes deseja verificar com o banco.

Diante das constantes queixas do setor produtivo, no intuito de apoiar o industrial no acesso ao crédito e de colaborar com o próprio banco no atendimento aos clientes, a Findes solicitou informações sobre:

  • Quantidade de propostas solicitadas ao Banestes;
  • Quantidades de propostas analisadas até a presente data;
  • Quantidade de propostas efetivamente aprovadas e liberadas;
  • Valores solicitados;
  • Valores aprovados e liberados;
  • Principais motivos para a eventual não aprovação de crédito.

“Nosso objetivo é apoiar os industriais na obtenção dos recursos e também colaborar com os bancos, no atendimento na rede bancária, para que as instituições financeiras possam receber o cliente empresário já mais bem informado e orientado sobre o encaminhamento de suas demandas nas agências”, afirma o presidente da Findes, Léo de Castro, nos ofícios encaminhados ao Banestes e à Sedes.

O Fundo de Aval Bandes começou a operar em abril, com até R$ 100 milhões para subsidiar financiamentos a empreendimentos de diferentes portes e segmentos. As linhas disponíveis são a de Microcrédito Emergencial Covid-19 (prospectada pela Aderes), cujas propostas poderão ter valor de até R$ 5 mil, e a linha Capital de Giro Emergencial Covid-19 para Folha de pagamento, cujo valor de contratação é de até R$ 31,5 mil.

Estas são algumas das dificuldades relatadas ao NAC da Findes pelas empresas: exigências de certidões, demora nas análises de crédito e dificuldade de comunicação com o banco.

O Fundo de Aval é um mecanismo garantidor à contratação de operações de crédito para financiamento junto às instituições financeiras. No caso do fundo criado pelo governo do Estado, o objetivo é prestar garantia aos empréstimos junto ao Banestes. Ou seja, o Bandes, por meio deste fundo, atuará como avalista do empresário que contratar o recurso junto ao Banestes.

Publicado: 29/05/2020
Sindifer -  Sindicato das Indústrias Metalúrgicas e de Material Elétrico do Estado do Espírito Santo

Endereço Sede:

Rua Juiz Alexandre Martins de Castro Filho, nº 180 – Ed. Cesar Daher Carneiro, Santa Luiza - Vitória/ES - CEP 29045-250
Telefones: 27 3225-8457 - 27 3225-8821
E-mail: sindiferes@sindiferes.com.br
Findes

CNI
Site desenvolvido por Tribo Propaganda