Área do Associado:

Esqueci minha senha

Associe-se

Associe-se

Agenda

Notícias

CENÁRIO E PERSPECTIVAS DO SETOR DE PETRÓLEO EM MEIO À CRISE DO CORONAVÍRUS É TEMA DE DEBATE DA FINDES

Evento teve participação do diretor-presidente da Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Petróleo (ABESPetro), Adyr Tourinho

A crise gerada pela pandemia do coronavírus vem gerando impactos significativos no setor de óleo e gás. O preço do barril do petróleo despencou para cerca de US$30, no menor patamar em vinte anos, afetando petroleiras em todo o mundo. Assim, já foram anunciadas queda de investimentos e cortes de produção.

Se por um lado, o foco na adoção de medidas para preservar a saúde dos empregados é um consenso, por outro, a continuidade das operações e o caixa, são assuntos de bastante preocupação para os empresários da cadeia.

Para analisar este cenário, a Fórum Capixaba de Petróleo e Gás, em parceria com o Sebrae, promoveu na noite desta quarta-feira (03), um debate sobre o cenários e perspectivas no setor de O&G brasileiro. O evento contou com a participação do diretor-presidente da Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Petróleo (ABESPetro), Adyr Tourinho, além de gestores públicos e empresários. Foram mais de 300 inscritos, de mais de nove estados.

“Talvez um dos grandes aprendizados seja como preparar as empresas e a indústria de forma geral para serem mais competitivas. O desenvolvimento das empresas da cadeia de óleo e gás no Brasil é crucial para impulsionar a economia e traçar uma retomada”, pontuou Adyr.

Segundo ele, o segmento é um dos poucos a dinamizar de modo mais rápido a economia, pois não depende do mercado interno. O setor está em conexão com o mundo em preços, exportações e atração de investimentos.

O diretor da (ABESPetro), Jorge Mitidieri também participou e destacou a importância do que vem sendo chamado de nova Revolução Industrial – ou Indústria 4.0 – para o setor, incluindo a valorização do jovem dentro das empresas.

“Precisamos atrair as novas gerações para a indústria de óleo e gás. O dinamismo, domínio sobre as tecnologias e a capacidade de solucionar desafios por meio da inovação, que são características marcantes dos jovens, precisam fazer parte das nossas empresas”, ressaltou.

Mitidieri finalizou reforçando a enorme importância da indústria do petróleo. “Aqui no Espírito Santo por exemplo ele representa 20% do PIB e gera milhares de empregos. O futuro do petróleo persiste até onde a economia precisar de densidade energética, do jeito que precisamos”.

Fonte da Notícia: Findes Publicado: 05/06/2020
Sindifer -  Sindicato das Indústrias Metalúrgicas e de Material Elétrico do Estado do Espírito Santo

Endereço Sede:

Rua Juiz Alexandre Martins de Castro Filho, nº 180 – Ed. Cesar Daher Carneiro, Santa Luiza - Vitória/ES - CEP 29045-250
Telefones: 27 3225-8457 - 27 3225-8821
E-mail: sindiferes@sindiferes.com.br
Findes

CNI
Site desenvolvido por Tribo Propaganda